Estudo de Caso da Fiebig - Farmacêutico - Segmentos - TGW Logistics Group
DOWNLOAD
Register to download the following documents.
GET MORE DOCUMENTS AND DOWNLOADS: Register to our clients area!

Estudo de Caso da Fiebig

A Fiebig pôde impulsionar a prontidão de entrega com a nova solução de tratamento de material

Estudo de Caso da FiebigINICIAR
VÍDEO
  • TRATAMENTO DE ATÉ 75.000 ARTIGOS

    A solução é capaz de gerenciar até 75.000 diferentes artigos, até 2.000 pedidos por hora e até 16.000 linhas de pedido por hora.

ATACADISTA DE PRODUTOS FARMACÊUTICOS MAIS MODERNO DA EUROPA

A Fiebig se tornou uma das empresas de médio porte mais sólidas no sudoeste da Alemanha desde que a empresa foi fundada em 1898. A Fiebig possui alguns dos equipamentos de operação técnica mais avançados do mundo à sua disposição. A Fiebig atribui a maior ênfase no fornecimento do melhor suporte individual em todo seu trabalho em conjunto com farmácias e possui uma merecida reputação de parceiro confiável.

Atualmente, a Fiebig avançou ainda mais para uma posição em que pode novamente impulsionar a prontidão de entrega, reduzir o tempo de processamento do pedido e atingir uma precisão ainda maior ao reunir os pedidos com um novo sistema de logística fornecido pela Klug integrierte Systeme e TGW Mechanics GmbH. Um investimento no futuro da Leopold Fiebig.

REQUESITOS E PRÉ-REQUISITOS

  • Tratamento de até 75.000 artigos diferentes
  • Até 2.000 pedidos por hora
  • Até 16.000 linhas de pedido por hora
  • Obtenção de um nível de automação superior a 90%
  • Tempo de processamento de pedido inferior a 15 minutos


SOLUÇÃO

A partir das chegadas de mercadorias, os carregamentos de mercadorias recebidos devem ser identificados e registrados à perfeição e, então, colocados no bolso de armazenamento correto nos contenedores do armazém com até 8 divisões. O número do centro de farmácia das mercadorias é lido primeiro, seguido pela entrada do número do lote na embalagem, prazo de validade e a quantidade. Nesse ínterim, o sistema traz um contenedor de armazém adequado pronto nas balanças de contagem enquanto a exibição da luz elevada projeta um cone de luz guia no bolso de armazenamento do contenedor correto. O contenedor pode, agora, ser armazenado ou continuar sem interrupção até uma área de separação.

O armazém de caixas automático (ACH) está equipado com dois transelevadores (RBG) de nove metros de altura do tipo Mustang, criando espaço para cerca de 35.000 contenedores. Os dois RBGs preparam as mercadorias de abastecimento para o separador automático de eixo A-Frames em dois níveis de recuperação removem os contenedores vazios.

A colocação das mercadorias no eixo A-Frame correto é monitorada através do uso de um controle luminoso e um leitor. O ejetor em cada eixo pode elevar até seis pacotes por segundo na esteira que passa através das linhas do eixo arqueadas sobre ele no formato de uma enorme letra 'A'.

Quando nenhum artigo for necessário no A-Frame, o contenedor de pedido é transportado diretamente pelos A-Frames em um sistema de transporte de desvio diretamente para as posições de preparação da zona de separação B e C. Os separadores automáticos B e C são abastecidos a partir de um total de 17 blocos do armazém. O LVS sincroniza o módulo para que todos os contenedores do armazém cheguem às posições de preparação da zona de separação no momento exato em os contenedores de pedido chegam lá. Os produtos farmacêuticos com temperatura controlada também podem ser separados nas zonas B, pois o contenedor sensível ao calor retorna diretamente para a proteção do armazenamento a frio a uma velocidade bastante alta após a separação.

A separação de artigos com classificação C também é automatizado. Um dos dois sistemas de ACH prepara esses contenedores de mercadorias que possuem conteúdos destinados às prateleiras do tipo feixe. O pessoal do armazém recebe ordens de rádio em seus computadores de pulso portáteis através do LVS. O controle de lote pode ser realizado sem erros através do sistema de gerenciamento de armazém uma vez que os produtos farmacêuticos de cada lote são alocados para locais diferentes do armazém. Assim que um pedido é concluído, o contendor é devolvido para a parte traseira, no transportador de descarga.

Após a separação ser concluída, os contenedores de pedido prosseguem para duas máquinas de fechamento e vedação que imprimem o protocolo de entrega e o colocam no contenedor de envio. Essas máquinas também fornecem a cada contenedor uma etiqueta de envio. Na sequência, os contenedores de pedido são unidos por uma cinta e transportados avante para o envio. Por hora, são classificados 2000 contenedores para os trajetos de entrega dos caminhões em três níveis de envio no total de 54 linhas de roletes de gravidade. Os condutores do trajeto retiram suas mercadorias do trajeto a partir da linha de destino e podem imediatamente carregar seus caminhões de entrega para a viagem.

TECNOLOGIA DA TGW USADA

Os transelevadores do tipo Mustang de alta velocidade usando um condutor antipêndulo fornecem mercadorias para os separadores A e C muito rapidamente enquanto também realizam as tarefas de buffering de chegadas de mercadorias para os separadores automáticos B nos momentos de pico. São tratados aproximadamente 35.000 contenedores nos dois corredores de 77 m de comprimento e 9 m de largura do armazém. Com uma aceleração de 4 m/s2, o Mustang de alta velocidade atinge uma velocidade de 6 m/s.

No total, são usados 17 commissioners para abastecer as zonas de separação B. Eles são RBGs altamente dinâmicos na construção de vigas de elevação. A aceleração de elevação é de 4 m/s2 e a velocidade de elevação é de 3m/s. Os telescópios combi são usados como dispositivos de tratamento de carga uma vez que eles garantem a enorme velocidade juntamente com o controle e a entrega seguros e funcionais dos contenedores.

Os separadores automáticos A-Frame colocados um acima do outro têm um total de 3.600 eixos à sua disposição. Cada um deles trata de 1.200 pedidos em uma hora. O princípio funcional do A-Frame é basicamente bastante simples: duas linhas de eixos diagonais são dispostos no formato de uma letra 'A', pilhas de tipo único de diferentes produtos farmacêuticos estão disponíveis nesses eixos. O número preciso de caixas necessárias para um pedido é emitido automaticamente para uma das duas esteiras instaladas entre as linhas duplas de eixos na parte inferior do eixo. O sistema do fluxo de materiais primeiro define uma seção precisa da esteira para cada pedido do cliente, também chamado de janela de pedido, na qual todos os artigos de um pedido são coletados. Um contenedor ou uma caixa é preenchida com um único do cliente no final da esteira.Para garantir que esse trabalho essencial possa ser realizado de uma maneira extremamente rápida e também com o uso de apenas uma única ferramenta, foram dispensadas todas as atenções para as necessidades especiais das tarefas de configuração e manutenção.

Para obter mais informações sobre a empresa, visite o website da Leopold Fiebig em www.fiebig.de.

ATACADISTA DE PRODUTOS FARMACÊUTICOS MAIS MODERNO DA EUROPA

A Fiebig se tornou uma das empresas de médio porte mais sólidas no sudoeste da Alemanha desde que a empresa foi fundada em 1898. A Fiebig possui alguns dos equipamentos de operação técnica mais avançados do mundo à sua disposição. A Fiebig atribui a maior ênfase no fornecimento do melhor suporte individual em todo seu trabalho em conjunto com farmácias e possui uma merecida reputação de parceiro confiável.

Atualmente, a Fiebig avançou ainda mais para uma posição em que pode novamente impulsionar a prontidão de entrega, reduzir o tempo de processamento do pedido e atingir uma precisão ainda maior ao reunir os pedidos com um novo sistema de logística fornecido pela Klug integrierte Systeme e TGW Mechanics GmbH. Um investimento no futuro da Leopold Fiebig.

REQUESITOS E PRÉ-REQUISITOS

  • Tratamento de até 75.000 artigos diferentes
  • Até 2.000 pedidos por hora
  • Até 16.000 linhas de pedido por hora
  • Obtenção de um nível de automação superior a 90%
  • Tempo de processamento de pedido inferior a 15 minutos


SOLUÇÃO

A partir das chegadas de mercadorias, os carregamentos de mercadorias recebidos devem ser identificados e registrados à perfeição e, então, colocados no bolso de armazenamento correto nos contenedores do armazém com até 8 divisões. O número do centro de farmácia das mercadorias é lido primeiro, seguido pela entrada do número do lote na embalagem, prazo de validade e a quantidade. Nesse ínterim, o sistema traz um contenedor de armazém adequado pronto nas balanças de contagem enquanto a exibição da luz elevada projeta um cone de luz guia no bolso de armazenamento do contenedor correto. O contenedor pode, agora, ser armazenado ou continuar sem interrupção até uma área de separação.

O armazém de caixas automático (ACH) está equipado com dois transelevadores (RBG) de nove metros de altura do tipo Mustang, criando espaço para cerca de 35.000 contenedores. Os dois RBGs preparam as mercadorias de abastecimento para o separador automático de eixo A-Frames em dois níveis de recuperação removem os contenedores vazios.

A colocação das mercadorias no eixo A-Frame correto é monitorada através do uso de um controle luminoso e um leitor. O ejetor em cada eixo pode elevar até seis pacotes por segundo na esteira que passa através das linhas do eixo arqueadas sobre ele no formato de uma enorme letra 'A'.

Quando nenhum artigo for necessário no A-Frame, o contenedor de pedido é transportado diretamente pelos A-Frames em um sistema de transporte de desvio diretamente para as posições de preparação da zona de separação B e C. Os separadores automáticos B e C são abastecidos a partir de um total de 17 blocos do armazém. O LVS sincroniza o módulo para que todos os contenedores do armazém cheguem às posições de preparação da zona de separação no momento exato em os contenedores de pedido chegam lá. Os produtos farmacêuticos com temperatura controlada também podem ser separados nas zonas B, pois o contenedor sensível ao calor retorna diretamente para a proteção do armazenamento a frio a uma velocidade bastante alta após a separação.

A separação de artigos com classificação C também é automatizado. Um dos dois sistemas de ACH prepara esses contenedores de mercadorias que possuem conteúdos destinados às prateleiras do tipo feixe. O pessoal do armazém recebe ordens de rádio em seus computadores de pulso portáteis através do LVS. O controle de lote pode ser realizado sem erros através do sistema de gerenciamento de armazém uma vez que os produtos farmacêuticos de cada lote são alocados para locais diferentes do armazém. Assim que um pedido é concluído, o contendor é devolvido para a parte traseira, no transportador de descarga.

Após a separação ser concluída, os contenedores de pedido prosseguem para duas máquinas de fechamento e vedação que imprimem o protocolo de entrega e o colocam no contenedor de envio. Essas máquinas também fornecem a cada contenedor uma etiqueta de envio. Na sequência, os contenedores de pedido são unidos por uma cinta e transportados avante para o envio. Por hora, são classificados 2000 contenedores para os trajetos de entrega dos caminhões em três níveis de envio no total de 54 linhas de roletes de gravidade. Os condutores do trajeto retiram suas mercadorias do trajeto a partir da linha de destino e podem imediatamente carregar seus caminhões de entrega para a viagem.

TECNOLOGIA DA TGW USADA

Os transelevadores do tipo Mustang de alta velocidade usando um condutor antipêndulo fornecem mercadorias para os separadores A e C muito rapidamente enquanto também realizam as tarefas de buffering de chegadas de mercadorias para os separadores automáticos B nos momentos de pico. São tratados aproximadamente 35.000 contenedores nos dois corredores de 77 m de comprimento e 9 m de largura do armazém. Com uma aceleração de 4 m/s2, o Mustang de alta velocidade atinge uma velocidade de 6 m/s.

No total, são usados 17 commissioners para abastecer as zonas de separação B. Eles são RBGs altamente dinâmicos na construção de vigas de elevação. A aceleração de elevação é de 4 m/s2 e a velocidade de elevação é de 3m/s. Os telescópios combi são usados como dispositivos de tratamento de carga uma vez que eles garantem a enorme velocidade juntamente com o controle e a entrega seguros e funcionais dos contenedores.

Os separadores automáticos A-Frame colocados um acima do outro têm um total de 3.600 eixos à sua disposição. Cada um deles trata de 1.200 pedidos em uma hora. O princípio funcional do A-Frame é basicamente bastante simples: duas linhas de eixos diagonais são dispostos no formato de uma letra 'A', pilhas de tipo único de diferentes produtos farmacêuticos estão disponíveis nesses eixos. O número preciso de caixas necessárias para um pedido é emitido automaticamente para uma das duas esteiras instaladas entre as linhas duplas de eixos na parte inferior do eixo. O sistema do fluxo de materiais primeiro define uma seção precisa da esteira para cada pedido do cliente, também chamado de janela de pedido, na qual todos os artigos de um pedido são coletados. Um contenedor ou uma caixa é preenchida com um único do cliente no final da esteira.Para garantir que esse trabalho essencial possa ser realizado de uma maneira extremamente rápida e também com o uso de apenas uma única ferramenta, foram dispensadas todas as atenções para as necessidades especiais das tarefas de configuração e manutenção.

Para obter mais informações sobre a empresa, visite o website da Leopold Fiebig em www.fiebig.de.

Nossas referências TGW Logistics Group

  • Libri DistributionLibri Distribution
  • PrillingerPrillinger
  • Albertina WienAlbertina Wien

TGW

NOTÍCIAS

08/09/2015
TGW expands headquarters in Wels
Until 2018, a new office building as well as a production hall shall be built.">08/09/2015
TGW expands headquarters in Wels
Until 2018, a new...