Estudo de caso da NG2

NG2 constrói o maior centro de logística automatizado no segmento de calçados do Leste Europeu com a TGW

Estudo de caso da NG2
  • PREPARADO PARA O CRESCIMENTO DINÂMICO

    Os armazéns automatizados eram a resposta lógica para a necessidade de melhorar a eficiência e do crescimento dinâmico da rede de varejo.

NG2 CONSTRÓI O MAIOR CENTRO DE LOGÍSTICA AUTOMATIZADO NO SEGMENTO DE CALÇADOS DO LESTE EUROPEU COM A TGW

Para permitir o futuro crescimento e para melhorar seus processos logísticos, o NG2 Group investe em um novo centro de distribuição. A empresa decidiu seguir a tendência estabelecida por diversos varejistas de calçados em todo o mundo. Aproveitando a vantagem de suas experiências anteriores, o NG2 está a mais um passo à frente da maioria dos concorrentes.

OS REQUISITOS EM RÁPIDA ALTERAÇÃO DO SEGMENTO DE CALÇADOS E ROUPAS LEVAM OS CENTROS DE DISTRIBUIÇÃO MANUAIS AOS SEUS LIMITES.

Tanto o segmento de calçados quanto o de roupas são partes da economia com rápido crescimento. Reagir às tendências e modas em rápida mudança é um dos requisitos de mercado mais importantes que o segmento de calçados precisa enfrentar. Outro desafio é frequentemente fornecer às lojas os produtos mais novos. Para não perder um cliente, os pedidos devem ser atendidos rápida e dinamicamente. Os centros de distribuição atuais de grandes varejistas fornecem centenas de lojas diariamente enviando milhares de pares de sapato por semana. Os centros de distribuição manual tradicionais não são mais capazes de lidar eficientemente com tais quantidades de mercadorias de maneira rápida e eficiente.

O NG2 Group é o varejista em calçados líder polonês e um dos maiores produtores de sapatos na Polônia. Atualmente o NG2 possui uma rede com 708 lojas, incluindo lojas de marcas famosas, como CCC, Boti e Quazi. Estima-se que a participação do NG2 no mercado no varejo de calçados polonês seja de aproximadamente 10%. Estatisticamente, os poloneses compram 3,5 pares de sapatos per capta por ano. Isso se compara aos 5 pares de sapatos comprados por um cidadão da Europa Ocidental por ano, ilustrando o potencial de crescimento do mercado polonês.

ARMAZÉNS AUTOMATIZADOS SUPORTAM O CRESCIMENTO DINÂMICO

O centro de distribuição do NG2 era tradicionalmente semiautomatizado com armazém com paletes operados por uma empilhadeira, racks com prateleiras e uma instalação de classificação com um sistema de transporte e um classificador. Como resultado de a empresa investir massivamente nas operações logísticas, essa instalação existente em breve será ampliada e atualizada com a construção de um armazém automatizado. "A decisão de implementar armazéns automatizados já foi tomada há muitos anos. Essa era a resposta lógica para a necessidade de melhorar a eficiência e o crescimento dinâmico da rede de varejo CCC", comentou Mariusz Gnych, Vice-Presidente do Conselho do NG2.

Em períodos subsequentes, a empresa decidiu lançar outras redes: butiques Quazi e lojas de calçados Boti. Ficou claro que apenas a logística eficiente permitiria um desenvolvimento tranquilo e ajudaria a empresa a manter sua posição de liderança no mercado de calçados da Polônia. "Decidimos lançar um hub de classificação e aumentar a capacidade do armazém" (atualmente com 50.000 metros quadrados).

O SISTEMA DE CLASSIFICAÇÃO PERMITE A ALOCAÇÃO RÁPIDA PARA TODA A REDE DE VENDAS

O primeiro passo rumo à automação dos processos de logística foi a implementação de um sistema de classificação de calçados no ano passado. O sistema permite a alocação rápida para toda a rede de vendas de acordo com a estratégia de desenvolvimento em longo prazo. O sucesso da distribuição automatizada de calçados resultou em mais esforços para otimizar o gerenciamento de armazém. Como resultado desses esforços, um armazém de minicarga será construído e será o maior desse tipo na Europa Central e no Leste Europeu.

Para permitir expansões futuras e para melhorar os processos de logística, o NG2 decidiu investir em um novo centro de distribuição, que deve iniciar as operações entre o final de 2011 e o início de 2012. A empresa austríaca TGW foi selecionada como empreiteira para esse sistema de logística altamente automatizado. Os requisitos para o projeto desse novo armazém automatizado incluiu a capacidade de armazenamento maximizada, separação efetiva e precisa e a adaptação à estratégia de crescimento da empresa.

A TGW REPRESENTA COMPETÊNCIA, EXPERIÊNCIA INTERNACIONAL E SOLUÇÕES EFICIENTES

Um fator fundamental para o sucesso de um investimento e processos de logística automáticos é a seleção de um fornecedor de soluções experiente e competente. Consequentemente, a escolha não pode ser intuitiva, mas fundamentada em uma base sólida e a solicitação da proposta deve ser precisamente definida. Normalmente, tais solicitações são respondidas por vários ofertantes. Neste caso, o NG2 estava procurando por um fornecedor na Polônia e no exterior que dispusesse de uma solução integrada, incluindo o sistema de armazém de minicarga com software compatível. De acordo com Sr Gnych, a qualidade das soluções oferecidas, as referências em empreendimentos semelhantes e, mais importante, o preço foram enfatizados. "A oferta enviada pela TGW Logistics Group GmbH teve a melhor avaliação. Graças a essa decisão a TGW equipará o novo armazém com racks, transelevadores, transportadores e software".

A TGW é uma integradora de sistemas para soluções de armazém automatizado sediada na Áustria, que fornece sistemas testados e tecnologicamente avançados para transporte e armazenamento de caixas de papelão. Desde 2000, o TGW Group entregou mais de 50 sistemas, permitindo o transporte e armazenamento diretos das caixas de papelão. As soluções automatizadas, especialmente os sistemas de minicarga, são a base para a história corporativa de 40 anos.

TRATAMENTO DIRETO DE CAIXAS DE PAPELÃO POR TODA A CADEIA DE FORNECIMENTO

O NG2 decidiu seguir a tendência na distribuição de produtos têxteis de lidar diretamente com as caixas de papelão por toda a cadeia de fornecimento. Qual foi a razão da seleção da solução atual em vez de um armazém de paletes? "O monitoramento constante das últimas tendências e das tecnologias de logística disponíveis mostraram que uma solução com um armazém automatizado operado por transelevadores poderia ser a melhor para um serviço de logística abrangente no segmento de calçados", declarou o vice presidente do NG2.

Com base na experiência das empresas nos segmentos relacionados que estão usando as soluções mais inovadoras para processos de logística automatizados, pode-se concluir que o tratamento de paletes deve ser eliminado do gerenciamento de armazém. Eles devem ser substituídos por sistemas de minicarga automatizados projetados para pacotes menores que são transportados e armazenados automaticamente sem a necessidade de usar paletes e empilhadeira. "Eliminar os processos desnecessários possui muitas vantagens, como acelerar o fluxo do material e efeitos positivos no ambiente, por exemplo, a eliminação de paletes e lâminas de filmes necessárias para mercadorias paletizadas. E devo admitir que outra razão para nossa decisão foi o subsídio de investimento de 40% do Programa de Economia Inovadora, Atividade 4,4", acrescenta Gnych.

O conceito da TGW é baseado no armazenamento direto e no tratamento de caixas de papelão individuais em toda a instalação, desde o recebimento das mercadorias até a área de envio. No recebimento das mercadorias, as caixas são colocadas no sistema de transporte, identificadas e verificadas. Então, elas são armazenadas em um armazém de caixas de papelão completamente automatizado. Em comparação com a maioria das abordagens tradicionais, essa solução permite evitar o agora desnecessário processo de paletização de mercadorias e seu armazenamento manual em racks de palete. Isso reduz tanto o tempo quanto a distância para os funcionários e minimiza os erros que podem ocorrer sempre que um produto é tocado. O sistema de armazenamento e recuperação automáticos (AS/RS) fornece todas as outras áreas do armazém, como separação, classificação e envio, completamente automatizado e sempre no prazo.

TRATAMENTO DIRETO DE CAIXAS DE PAPELÃO INDIVIDUAIS DESDE O RECEBIMENTO DAS MERCADORIAS ATÉ A ÁREA DE ENVIO

Como isso funcionará para o NG2? Imagine um armazém enorme em que chegam, todos os dias, 30 contêineres repletos de calçados. O caminhão com o contêiner se aproxima da doca designada, as portas do contêiner são abertas e um transporte telescópico é movido para dentro do contêiner em que os funcionários descarregam as caixas. Cada caixa recebe uma etiqueta de identificação com um código de barras,e tem seu peso verificado e registrado no sistema. Após chegarem ao ponto de retorno do transporte, as caixas passam por um portão de controle que mede precisamente suas dimensões externas. No caso de imprecisão, a caixa é transportada para uma estação de controle.

Após passarem pelo portão de controle, as caixas são automaticamente armazenadas no armazém, que é operado por transelevadores. O sistema de gerenciamento de armazém decide onde a caixa é armazenada. Cada um dos 24 transelevadores pode armazenar e recuperar duas caixas ao mesmo tempo. Graças ao dispositivo de tratamento de carga Twister VCplus, o dispositivo de tratamento pode operar com caixas de diferentes tamanhos.

O sistema anfitrião envia os pedidos necessários para o sistema de gerenciamento de armazém. Então, o requerimento é enviado para o buffer de pedido, onde é liberado imediatamente. O destino de tal pedido pode ser a área de envio ou a instalação de classificação, em que os pares de sapato individuais são classificados. As caixas que são transportadas diretamente para a área de envio recebem uma etiqueta de envio e terminam sua rota na esteira de transporte telescópica na porta dos caminhões. Essa é a segunda e última vez que o funcionário precisa tocar as mercadorias.

O AS/RS DE MINICARGA CONTERÁ 5 MILHÕES DE PARES DE SAPATOS

O centro do sistema será um AS/RS de minicarga que irá conter 5 milhões de pares de sapatos, embalados em 500.000 caixas de papelão de diferentes tamanhos, indo de 400 x 400 x 200 mm até o tamanho máximo de 660 x 610 x 550 mm.

Em combinação com a solução de classificação existente, o novo centro de distribuição será capaz de tratar até 60.000 caixas por dia em dois turnos de trabalho. Isso significa que o NG2 possuirá o maior armazém de minicarga automático dessa região da Europa.

"DURCH DIE GEMEINSAMEN ANSTRENGUNGEN VON TGW UND NG2 WERDEN WIR DIESES PROJEKT ZUM ERFOLG FÜHREN"

Após implementar o novo sistema, os recursos do centro de distribuição do NG2 irão mudar drasticamente. Os investimentos são o fator chave na estratégia de desenvolvimento da empresa. "O inventário do armazém excede 5 milhões de pares de sapatos e, em combinação com o sistema de classificação existente é possível entregar até 0,5 milhão de pares de sapatos por dia. Além disso, a solução será integrada no sistema de ERP da empresa. "Durch die gemeinsamen Anstrengungen von TGW und NG2 werden wir dieses Projekt zum Erfolg führen“, resume Mariusz Gnych.

EQUIPAMENTO INSTALADO NO CENTRO DE DISTRIBUIÇÃO NG2:

  • 24 corredores do armazém de minicarga equipados com máquinas Magito AS/RS de 19,5 metros de altura com dispositivos de tratamento de carga Twister VCplus para armazenar e recuperar diretamente 500.000 caixas de papelão
  • sistema de transporte de caixas de papelão amplo conectando os vários processos no centro de distribuição
  • estações de trabalho ergonômicas
  • transportes telescópicos para carregamento e descarregamento de contêiner
  • sistema de software CI_LOG completamente integrado para níveis mais altos do sistema de gerenciamento de armazém

Nossas referências TGW Logistics Group

  • Bestseller A/SBestseller A/S
  • MusicstoreMusicstore
  • Office Depot InternationalOffice Depot International

TGW

NOTÍCIAS

08/09/2015
TGW expands headquarters in Wels
Until 2018, a new office building as well as a production hall shall be built.">08/09/2015
TGW expands headquarters in Wels
Until 2018, a new...