DOWNLOAD
Registre-se para fazer o download dos seguintes documentos.
OBTENHA MAIS DOCUMENTOS E DOWNLOADS: Registre-se na nossa área de clientes!

O TGW Usa Potenciais de Eficiência Energética nos Sistemas de Transporte

30/09/2009

As alterações climática óbvias, o aumento dos custos da energia e as restrições cada vez mais rígidas tornaram a eficiência energética o tópico central nos negócios de intralogística. Há anos, o TGW Mechanics desenvolve e fabrica sua tecnologia de armazenagem e manuseio de materiais focando na otimização eletromecânica. Em relação a eficiência energética, essa abordagem gera grandes possibilidades de economia.

A redução do consumo de energia na operação dos sistemas automatizados de intralogística significa a redução dos custos operacionais, a aceleração da amortização e uma contribuição substancial para a proteção ambiental. Para os operadores da planta geralmente é uma questão de encontrar as medidas corretas a serem tomadas para explorar o potencial total de economia. De acordo com as estatísticas do SAVE da União Europeia, 60% da energia dos sistemas elétricos pode ser economizada através da otimização dos sistemas mecânicos. Por isso o TGW Mechanics se preocupa em otimizar a eficiência energética no desenvolvimento dos seus produtos de manuseio de materiais.

SISTEMAS COM PESO E ENERGIA OTIMIZADOS

O design ideal de um sistema de intralogística de acordo como os requisitos respectivos geral um enorme potencial de economia de custo. Então o TGW Mechanics otimizou os seus sistemas de manuseio de materiais para cargas com classes de peso claramente definidas.

  • transportadores de caixas e contenedores: até 50 kg (110 libras)
  • transportadores de bandejas: até 300 kg (660 libras)
  • transportadores combi: até 500 kg (1.100 libras)
  • transportadores de unidades de carga: até 1.500 kg (3.300 libras)

Outro aspecto importante dessa classificação rígida é a seleção das dimensões mais apropriadas do acionador para cada projeto. Se somente um sistema de motor universal fosse usado para cada classe de peso, esse sistema teria que ser dimensionado para satisfazer os requisitos máximos e teria um tamanho maior do que o necessário na maioria dos casos. Então o TGW Mechanics configura cada acionador individualmente de acordo com fatores como a velocidade de transporte, a carga útil e a função. Os acionadores usados para transportadores de paletes com correntes, por exemplo, têm um intervalo de potência entre 0,55 e 3 kW.

FOCO NOS DETALHES DA CONSTRUÇÃO

Um fator importante na engenharia do design mecânico de todos os dispositivos de manuseio de materiais é a seleção das engrenagens e dos acionadores corretos, pois os níveis de eficiência desses componentes influenciam muito a eficiência geral do sistema. O TGW usa exclusivamente engrenagens cilindras e cônicas e sistemas de acionamento que cumprem os requisitos funcionais, obtendo níveis de eficiência de 94 a 98%. As engrenagem helicoidais e as correias V geralmente não são usadas, pois elas obviamente diminuem os níveis de eficiência.

O uso de componentes de alta qualidade também tem um impacto muito grande na eficiência energética. Todos os mancais, roletes e elementos corrediços devem permitir altos níveis de eficiência para serem aplicados nos dispositivos do TGW.

CONSTRUÇÃO LEVE COM EIXOS DINÂMICOS

Deve-se ter muito cuidado com a redução da massa em movimento. Por isso, o TGW geralmente usa materiais com construção leva, especialmente nos carros de transferência, transportadores verticais e sistemas de triagem. Ao diminuir a massa em movimento, as dimensões dos acionadores também podem ser reduzidas, permitindo a redução do consumo de energia.

O uso de contrapesos nos dispositivos de elevação pode parecer contraditório. O uso de contrapesos na elevação de paletes, por exemplo, reduz a diferença de massa do peso elevado e a energia de acionamento necessária para a elevação, o que também reduz o consumo de energia.

ACIONADORES COM EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

De acordo com as estatística do SAVE, as economias potenciais de energia com motores com eficiência energética chegam a 40%, sendo que ¾ desse valor deve-se ao controle eletrônico da velocidade. Especialmente em aplicações dinâmicas que requerem acelerações frequentes, os acionadores com frequência variável contribuem para o aumento da eficiência energética. Por isso, o TGW usa controles eletrônicos de velocidade há anos. Cerca de 70% dos acionadores usados nos dispositivos de transferência da família de produtos do transportador de unidades de carga são acionadores com frequência variável. O TGW Mechanics sempre equipa elevadores, carros de transferência ou separadores, que geralmente requerem capacidades de acionamento mais altas do que os dispositivos de transferência e manuseio de materiais, com acionadores com frequência variável.

As estatísticas do SAVE indicam que apenas 10% das economias potenciais podem ser geradas com o uso de motores com economia de energia que terão que ser empregados, de acordo com a diretiva da União Europeia, em um intervalo de potência maior do que 0,75 kW a partir de 2011. Com os transportadores de caixas e contenedores que têm uma carga útil máxima de 50 kg (110 libras), o TGW usa acionadores com potência inferior a 0,75 kW em 80% das aplicações. Não há motores com economia de energia (classe de eficiência IE2 e IE3) disponíveis nesse intervalo de potência, o que mais uma vez aumenta a importância do controle eletrônico da velocidade. O TGW já usa acionadores IE2 como opção em intervalos de potência maiores do que 0,75 kW, mas na maioria do casos o TGW usa acionadores com frequência variável ainda mais eficientes.

FERRAMENTA DE CÁLCULO PRÓPRIA PARA CONSUMO DE ENERGIA

Além dos detalhes eletromecânicos mencionados acima, os operadores de sistemas automatizados de intralogística também estão interessados no consumo total de energia e nos custos correspondentes esperados. O TGW Mechanics desenvolveu uma ferramenta que permite aos operadores o cálculo do consumo estimado de energia durante o processo de planejamento. Com base em diversos parâmetros importantes, essa ferramenta de cálculo permite extratos confiáveis sobre o valor conectado da instalação, o consumo de energia por hora, dia ou ano e os custos de energia anuais projetados. Os resultados da ferramenta de cálculo já foram validados com dados reais de medição das instalações que estão em uso, comprovando a confiabilidade da ferramenta.

A eficiência energética certamente continuará a ser o tópico central das soluções automáticas de intralogística nos próximos anos. O TGW se esforçará ao máximo para encontrar a solução mais eficiente de acordo com os requisitos específicos de desempenho do cliente, combinando a tecnologia mecânica mais apropriada com os componentes com controle inteligente.

Downloads

Descrição Tamanho Formato
Comunicado à Imprensa sobre Eficiência Energética 112 KB DOC
Christoph Wolkerstorfer é Diretor de Desenvolvimento de Produtos no TGW Mechanics. 109 KB JPG
Dependendo de cada requisito de desempenho, o TGW usa acionadores com potência entre 0,55 e 3 kW para transportadores com correntes. 305 KB JPG
Ao usar contrapesos na elevação de paletes com tiras do TGW, a capacidade do acionador necessária para a elevação é reduzida, economizando energia. 625 KB JPG
60% da energia consumida por ser economizada com a otimização dos componentes mecânicos. (Fonte: estatísticas do SAVE da União Europeia) 37 KB JPG