DOWNLOAD
Registre-se para fazer o download dos seguintes documentos.
OBTENHA MAIS DOCUMENTOS E DOWNLOADS: Registre-se na nossa área de clientes!

Jack Wolfskin Amplia sua Logística com a Solução do TGW

26/07/2011

As principais tecnologias e as décadas de experiência em aplicações estão em cada produto da JACK WOLFSKIN, tornando o lema da empresa de estar presente nos esportes de aventura em uma realidade para o cliente final. Faz sentido que o líder do mercado em equipamentos para esportes de aventura na Europa também conte com um parceiro que possa provar sua liderança técnica e conhecimento correspondente em implementação nessa área para o design e a realização do seu novo centro de distribuição. "O TGW foi capaz de demonstrar a reputação, a experiência e a competência necessárias então nos sentimos seguros com a nossa escolha" disse Christian Brandt, responsável pela área de logística da Jack Wolfskin. Como especialista em artigos esportivos, a Jack Wolfskin tem tido um crescimento constante de 20% por ano, os sistemas de logística e armazenagem da empresa ficaram sobrecarregados. Por isso, a empresa escolheu o TGW para criar um novo centro de distribuição com os sistemas de separação de pedidos e armazenagem do TGW. Esse novo centro de distribuição da Jack Wolfskin envolveu a conversão de toda a organização de logística e agora fornece para toda a Europa.

As principais tecnologias e as décadas de experiência em aplicações estão em cada produto da JACK WOLFSKIN, tornando o lema da empresa de estar presente nos esportes de aventura em uma realidade para o cliente final. Faz sentido que o líder do mercado em equipamentos para esportes de aventura na Europa também conte com um parceiro que possa provar sua liderança técnica e conhecimento correspondente em implementação nessa área para o design e a realização do seu novo centro de distribuição. "O TGW foi capaz de demonstrar a reputação, a experiência e a competência necessárias então nos sentimos seguros com a nossa escolha" disse Christian Brandt, responsável pela área de logística da Jack Wolfskin.

BENEFÍCIOS DA SOLUÇÃO MANUSEIO AUTOMÁTICO E EFICIENTE DE CAIXAS ORIGINAIS


O novo centro de logística em Neu Wulmstorf, na Alemanha (perto de Hamburgo) se baseia completamente no manuseio direto de caixas – paletes, bandejas ou outros transportadores de carga adicionais não são necessários. Uta Mohr, Gerente de Logística da Jack Wolfskin explica: "Muito cedo no processo de planejamento, ficou claro que queríamos trabalhar sem bandejas ou transportadores de carga adicionais, pois isso não seria uma solução para nós e sim apenas um auxílio para a tecnologia de AS/RS. Nós olhamos outras soluções, mas somente o TGW teve a coragem de dizer desde o começo o que eles planejavam fazer com as nossas caixas. O TGW também forneceu para nós uma oferta competitiva de uma solução eficiente que não fica só no papel."

A decisão de investir em um centro de distribuição completamente novo não foi fácil para a Jack Wolfskin. Afinal, era o maior investimento individual em plantas e equipamentos dos quase 30 anos de história da empresa, como explicou o CFO Brandt. "Até agora, nós nos mudávamos a cada 5 - 10 anos. Entretanto, a partir de um certo tamanho de operação, a mudança não era mais viável. Nós precisávamos de mais capacidade e consistência de forma regular e de uma solução mais escalável." Por isso, o novo centro de logística com área de 30.000 m² pode ser expandido com uma área adicional de 20.000 m² e foi projetado para permitir o crescimento da empresa no site por mais 10 anos, para que toda a Europa continue a ser atendida a partir desse centro de distribuição. No processo, ele não desempenha um papel no caso do conceito implementado se os negócios crescerem em termos de profundidade e largura da gama de produtos, no número de pontos de vendas ou nos requisitos dos nossos clientes: nós podemos incluir capacidade de armazenagem ou expandir e escalonar as nossas áreas de serviço e de separação de pedidos" disse Brandt.

NOVA TECNOLOGIA - NOVA ORGANIZAÇÃO - NOVO SISTEMA DE TI


O novo centro de logística trouxe para a Jack Wolfksin não só o uso da nova tecnologia de automação do manuseio de materiais, mas também gerou amplas mudanças na organização e uma substituição completa do antigo sistema de TI. Para tantas mudanças, era absolutamente necessário que todo o projeto fosse executado por um contratante geral. "Nós não queríamos ficar na interface, senão estaríamos sempre na situação na qual os subfornecedores ficam dando desculpas uns aos outros" disse Uta Mohr. "A integração da tecnologia e da TI é também o ponto decisivo que torna esses projetos um sucesso ou um fracasso." O TGW foi capaz de cumprir claramente todos esses requisitos e concluir o projeto juntamente com a Jack Wolfskin sem um único dia de interrupção das operações. "Nós trocamos a tecnologia e os sistemas de TI e mudamos radicalmente os processos e a organização, tudo isso durante a transferência para um novo centro de distribuição. Nenhum dos nossos clientes percebeu isso. Pra ser sincero, eu não estava esperando isso", disse Brandt com entusiasmo.

O armazém principal da Jack Wolfskin agora atende cerca de 3.000 pontos de vendas em toda a Europa. Eles incluem tanto os comerciantes tradicionais externos, como lojas especializadas de artigos esportivos e lojas de roupas que podem garantir uma apresentação de alta qualidade dos produtos e os serviços e a consultoria correspondentes. A empresa se orgulha das suas franquias, cerca de 270 no momento – um conceito que nenhuma outra empresa de mercadorias esportivas tinha sido capaz de implementar com tanto sucesso até o momento – assim como da apresentação dos seus produtos e da sua filosofia corporativa no seu próprio catálogo, que é distribuído em lojas ou enviado pelo correio, com mais de 1,7 milhão de cópias no início da temporada.

CAPACIDADE DE PICO NO INÍCIO DA TEMPORADA E 80% DE PEDIDOS DE VENDAS NÃO PLANEJADOS


O início da estação é o grande desafio para a área de logística, pois todos os pontos de vendas querem receber os itens básicos da nova gama de produtos nas lojas. Mohr disse: "Por essa razão, nós entregamos primeiro as mercadorias novas para as lojas e depois enviamos os catálogos". Em cada estação, cerca de 8.000 artigos diferentes são disponibilizados em diversas cores e tamanhos. No período entre duas estações, cerca de 16.000 SKUs ficam permanentemente disponíveis no armazém principal. "Os negócios no começo da estação permitem o planejamento pois é possível incluir esse volume no planejamento com até quatro semanas de antecedência" explica Christian Brandt. Entretanto, o principal desafio é a entrega do estoque, que abrange cerca de 70% dos pedidos de venda. "Nesse caso, a loja solicita os itens desejados e nós entregamos 30% desses artigos no mesmo dia ou no dia seguinte. Somente algumas empresas conseguem fazer isso." A variedade do tamanhos do pedidos varia de pedidos com apenas uma peça para o estoque inicial de uma loja com mais de 3.000 artigos diferentes até o pedido de mais de 1.000 peças de uma jaqueta por um grande cliente.

Todos esses requisitos não poderiam mais ser cumpridos com eficiência pela solução antiga de logística manual com separação de pedidos sequencial em duas etapas. Brandt disse: "Nós realizamos diversos cálculos, fizemos planos e descobrimos que esse conceito simplesmente não é mais escalável. Ficou claro para nós que nós tínhamos que encontrar uma solução totalmente diferente."

O SITE EM HAMBURGO: PERTO DO PORTO E EM UMA LOCALIZAÇÃO CENTRAL DA REGIÃO DE VENDAS


O único site considerado para o novo centro de logística da Jack Wolfskin foi o do porto de Hamburgo, pois a maioria das mercadorias são provenientes do extremo Leste. Além disso, esse site também oferece uma base ideal para a distribuição de mercadorias, pois está localizado em uma área relativamente centralizada da área de distribuição. A transferência para uma região longe da região de Hamburgo implicaria na perda de praticamente toda a força de trabalho da empresa, o que não seria uma opção desejável. Ao invés disso, todos os funcionários foram capazes de mudar para o novo site graças a uma nova conexão com o sistema de transporte público.

A Jack Wolfskin não possui sua própria instalação de produção, seus produtos são produzidos por cerca de 50 parceiros antigos principalmente na região do extremo Leste. As mercadorias são transportadas em contêineres por navio para o centro de logística em Neu Wulmstorf. Lá, as caixas são transferidas diretamente do contêiner para o sistema automático de transporte e são identificadas automaticamente, medidas, pesadas, recebem uma etiqueta interna e são transportadas para o armazém de caixas. Então era necessário trocar a etiqueta das caixas para os fornecedores durante a cadeia do processo. Mohr disse: "Nós começamos esse processo com antecedência, há cerca de 2½ anos, quando nós nem éramos capazes de avaliar as etiquetas. Mas nós sabíamos que precisaríamos desse tempo de processamento para treinar os nossos fornecedores".

DESCARREGAMENTO DO CONTÊINER EM 45 MINUTOS GRAÇAS A UMA LOGÍSTICA DE CARREGAMENTO ECONÔMICA


Esse treinamento recompensou: no sistema antigo, era necessário até um dia para descarregar um contêiner, incluindo a inspeção manual, separação, paletização baseada nos itens das caixas, colocação de etiquetas, preparação e armazenagem dos paletes. Agora esse mesmo processo leva apenas 45 minutos. "Nossa logística de descarregamento está completamente simples agora. Agora nós somos capazes de processar o pico planejado de 30 contêineres por dia" disse Uta Mohr.

O núcleo do novo centro de logística é o armazém de caixas automático. O armazém de caixas automático armazena as caixas recebidas de forma direta e sem transportadores de carga adicionais em uma estrutura de armazenagem com três profundidades usando a tecnologia Twister. "Para nós, o uso de uma solução com três profundidades gerenciada pelo TGW foi decisivo para criar uma excelente relação entre a capacidade de armazenagem e a densidade de armazenagem com dinâmica suficiente em uma relação aceitável para o volume de investimento. Nenhuma outra empresa ofereceu uma solução como essa" disse Brandt. Na primeira etapa, um armazém com 12 corredores e 210.000 locais de armazenagem para caixas foi criado. Na duas etapas adicionais, sendo que a primeira já pode ser realizada agora, o armazém será expandido para um total de 19 corredores e quase 310.000 locais de armazenagem.

O ARMAZÉM AUTOMÁTICO DE CAIXAS COM TRÊS PROFUNDIDADES REABASTECE O PROCESSO DE SEPARAÇÃO DE PEDIDOS


O processo completo de separação de pedidos é reabastecido com mercadorias do armazém de caixas. As mercadorias são transportadas para as zonas de separação de pedidos pelo sistema e organizadas em estantes. A separação de pedidos em si permanece manual, mas o processo completo é controlado pelo novo sistema. "Nós tivemos grandes avanços no desenvolvimento" disse o Gerente de Logística Uta Mohr. "Nós costumávamos usar folhas de papel nas quais eu verificava as mercadorias com uma caneta esferográfica. Agora, tudo é controlado por transmissão de dados via RF." Com a automação, outro benefício positivo é que os artigos não precisam ficar em um lugar fixo no armazém de separação de pedidos. O sistema controlado do TGW Systems permite que os itens sejam movidos e armazenados em diversos locais para acelerar o atendimento dos pedidos. As distâncias se tornaram consideravelmente mais curtas e nós conseguimos estabelecer um número inacreditável de pedidos de vendas ao mesmo tempo nas estações de separação" disse Brandt. Sem a distribuição A-B-C tradicional, o armazém de separação de pedidos pode abranger as dinâmicas diárias em profundidade e largura.

SERVIÇOS COM VALOR AGREGADO TOTALMENTE INTEGRADOS AO PROCESSO


A área de serviços com valor agregado é uma função muito importante dos negócios da Jack Wolfskin e dos seus parceiros de negócios. Nela, os artigos são etiquetados, embalados novamente, documentados e possivelmente são passados ou preparados de alguma outra forma de acordo com os requisitos do . Provenientes diretamente do processo de separação de pedidos, o sistema direciona os itens que requerem esse processamento posterior para 16 estações de trabalhados ergonômicas na área de serviços com valor agregado. Os funcionários nessas estações de trabalho escaneiam as caixas recebidas e as instruções de trabalho do pedido são imediatamente exibidas. As caixas finalizadas são confirmadas no sistema e transferidas de volta para o transportador. Os serviços com valor agregado são uma área muito ampla, confirma o CFO Brandt. Por essa razão, o suporte ao processo pelo novo sistema de logística era urgentemente necessário para controlar o volume crescente na qualidade e no tempo necessários.

Por fim, todas as caixas chegam na área de envio de mercadorias, onde elas são fechadas, embaladas e etiquetadas para envio. Enquanto a etiquetagem e a embalagem são feitas de forma totalmente automática, o fechamento é feito manualmente. Em outras áreas, como no departamento de configuração de caixas ou no armazém de separação de pedidos, a empresa continua a contar com trabalhadores humanos. "Nós não mudamos para uma instalação totalmente automatizada, mas essa foi uma decisão consciente" disse Christian Brandt. "Nós não queríamos fazer tudo de uma vez e nos sobrecarregar. Nosso objetivo era implementar e focar nas coisas importantes. Nós ainda temos áreas manuais e podemos controlar o uso dos funcionários e diversas estratégias de uma forma muito flexível."

GRANDE AVANÇO NA LOGÍSTICA DA JACK WOLFSKIN


"O TGW nos guiou da idade da pedra até a era moderna da logística" concluiu Christian Brandt. "Ele não somente gerenciou a implementação de uma solução, mas também incluiu toda a nossa empresa e organização. Nós não tínhamos conhecimento, experiência, números ou histórico em tecnologia de automação. Uma empresa precisa de muita experiência, conhecimento e senso de responsabilidade para concluir um projeto desse porte de forma tão bem-sucedida."

A Jack Wolfskin está obviamente orgulhosa do seu novo centro de distribuição em Neu Wulmstorf e o centro estará concluído e totalmente operacional bem no início da temporada outono/inverno de 2010. "Nós temos 150 funcionários permanentes no momento e no início da temporada, cerca de 150 funcionários temporários serão contratados para cobrir a demanda em dois turnos de operação pela primeira vez" disse Uta Mohr.

Downloads

Descrição Tamanho Formato
Jack Wolfskin Amplia sua Logística com a Solução do TGW Recebimento de Mercadorias: o transportador automatizado chega até o contêiner do fornecedor para coletar caixas únicas que são pesadas, identificadas, etiquetadas e registradas no WMS. Armazém Automatizado de Caixas: a combinação de produtividade e densidade de armazenagem alta fez com que a Jack Wolfskin decidisse investir em um sistema automatizado de armazenagem e recuperação de caixas do TGW. Estações de Separação: o sistema de transporte reabastece as zonas de separação manual com mercadorias do armazém e direciona as caixas com os pedidos do cliente para os locais de separação adequados. Operação de Separação: todas as informações de separação são fornecidas para a equipe e controladas através de dispositivos móveis. Serviços com Valor Agregado: a Jack Wolfskin atende aos requisitos individuais do cliente como etiquetação e embalagem nessas estações de trabalho altamente ergonômicas. Como chefe da logística corporativa, Uta Mohr é o gerente responsável pelo novo centro de distribuição da Jack Wolfskin perto de Hamburgo (Alemanha). 132 KB DOC
jackwolfskin_img_0003_hq.jpg 217 KB JPG
jackwolfskin_img_0014_hq.jpg 317 KB JPG
jackwolfskin_img_0070_hq.jpg 256 KB JPG
jackwolfskin_img_0080_hq.jpg 108 KB JPG
jackwolfskin_img_0104_hq.jpg 295 KB JPG
jackwolfskin_img_0135_hq.jpg 141 KB JPG